Nova norma de elevadores de canteiro de obra é publicada pela ABNT
.

Foi publicada na última sexta-feira (19) a NBR 16200, sobre elevadores de canteiros de obras para pessoas e materiais com cabina guiada verticalmente. O documento foi elaborado pelo Comitê Brasileiro de Máquinas e Equipamentos Mecânicos (CB-04) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).




Como a antiga norma de conformidade dos equipamentos, a NBR 233:1975, estava obsoleta, a entidade reguladora optou por cancelá-la e criar uma nova que considere a atual situação dos elevadores. Sendo assim, os critérios de verificação e os métodos de ensaio foram revistos, estendidos e atualizados, de modo a garantir maior segurança na operação dos equipamentos.

O novo texto apresenta uma análise sobre os riscos potenciais e os requisitos mínimos para evitar acidentes. Além disso, determina que sejam consideradas as cargas mortas (estáticas e dinâmicas), a carga do vento em serviço e em posição fora de serviço e na montagem e desmontagem do elevador, sem considerar a carga transportada em função da área da cabina. O documento estima, ainda, os tipos de freios que devem ser utilizados e pleiteia a necessidade da instalação de dispositivo de sobrecarga.

"Os acionamentos considerados nessa norma são por meio de cabos e tambor, pinhão e cremalheira, pistão hidráulico ou por um mecanismo articular expansível. Em síntese, os elevadores de canteiro de obras serão tão seguros quanto os tradicionais elevadores de passageiros", detalha o engenheiro Francisco Valente.

A norma entrará em vigor a partir do dia 19 de maio.

Mais informações.


 
 
• Nova norma de elevadores de canteiro de obra é publicada pela ABNT

• IAB-DF lança concurso para o projeto do novo Complexo Administrativo do Estado do Maranhão

• Designers brasileiros invadem a semana de design em Milão

• Microapartamentos: o 'futuro' chegou a São Paulo?

• Indústria da construção completa dez meses consecutivos de desaquecimento.

• Mais 20 mil desempregados no setor da construção.

• Vendas do varejo crescem 5,9% em janeiro, diz IBGE

• Revestimento acústico não tóxico evitaria acidentes como o de Santa Maria.

• Linha de financiamento do FGTS para compras de materiais de construção entra em vigor

• Custo da construção civil subiu 0,59% em janeiro

 
 
 
rodape Home A empresa Serviços Notícias Parceiros Lojas Dicas RH Contato WebMail